Grace Seo Jung

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Grace Seo Jung

Mensagem por Rainha Morgana em Sex Ago 14, 2015 8:46 pm

nome
Grace Seo Jung - Seojun


idade
17 anos


escolaridade
Estudantes


grupo
Cantores e Atores


aparência física
Grace é uma garota consideravelmente alta, possui belos e lisos cabelos castanhos que descem rentes até a área inferior aos seus seios. Por ser baixa, a garota não desenvolveu muitas curvas, e isso a constrange, em certos momentos.
Tem uma cicatriz grande na área das costelas, adquiriu-a durante uma das crises de narcolepsia, quando caíra sobre um amontoados de pisos.
Não há nenhuma característica que a torne dona de uma beleza invejável, ela se considera uma garota bem comum, apesar de sempre receber elogios e comentários acerca de sua aparência fofa.


personalidade
Durante a infância, Grace era uma criança calma e doce. Não falava com as outras crianças do parquinho, e embora se magoasse com os comentários à cerca de sua aparência, sempre dava um jeito de não demonstrar seu desapontamento.
Com o tempo, algumas mudanças começaram a ocorrer tanto fisicamente quanto psicológicamente, e isso mudou a atual personalidade da jovem. Grace é hiperativa, e talvez isso de deva à pressão que colocara em cima de si mesma após descobrir ser vítima de narcolepsia, a garota é uma pessoa um pouco barulhenta e por vezes aparenta ser ''carente'' demais. Vive pulando e sorrindo, a maioria das pessoas acha sua agitação constante uma característica assustadora.
Também é muito mal criada, e algumas pessoas a julgam de ''má índole''.
Embora possa permanecer por horas em sua plena hiperatividade, é só ficar sozinha, que a mesma sente todo o cansaço do dia-a-dia sobre si, por vezes, as crises de choro a atacam durante os momentos solitários, e isso faz com que ela odeie não ter alguém para conversar.
Grace possui características estranhas para uma garota, ama jogar videogame e andar de skate, também conversa sobre esportes, e tem alguns hábitos pouco delicados, como o de arrotar em público.

tipo sanguíneo
B


história

Grace nasceu no estado do Minnesota nos Estados Unidos, sua mão era americana, e partira da Coreia ainda grávida, por medo do marido violento que tinha. A jovem garota tivera que aprender a lidar com as dificuldades desde o berço, sua progenitora trabalhava dois turnos desde que ela se entendera por gente, e isso resultava em completo abandono por parte de tal, de modo que a criança tivera de se habituar com a rotina escolar ainda muito nova.
Não se sabe como, mas de certo modo, ao completar de seus três anos, sua mãe e seu pai reataram o casamento anteriormente falido. Deste modo, ela teve de retornar à república Coreana, onde recebera devidamente seu sobrenome, e passara integrar a uma família aparentemente comum.
Quando se diz que Grace teve uma vida problemática, deve-se ter consciência de que não falamos de um ou dois problemas marcantes, a verdade é que a garota aos dezessete ainda não sabe o que é uma vida normal, e não sabe o que é chorar por uma simples morte de um cão, pois em sua trajetória, esse era o menor tipo de problema. Para começar, devemos falar sobre a obsessão que sua mãe apresentara por concursos de beleza, com cinco anos, a jovem Jung começara a participar de tais por vontade de tal. No entanto, o que aconteceu nessa época foi que a progenitora, Rebecca Jung, inferia à filha uma série de dietas, procedimentos que geralmente só adultos realizam, tudo em busca da aparência perfeita. O resultado dessa compulsividade não poderia ser outro, aos sete, a criança apresentara traços de anorexia infantil. O intensivo julgamento da progenitora, desenvolvera tal tipo de complexo na garota, que carregara isso por muito tempo.
A vida de seus pais já não era das melhores, além de constantes brigas e crises, ambos eram alcoólatras, e isso por si só já é responsável pela ruína de bom número de lares. Durante uma noite de inverno, Grace recebera a notícia de que sua mão falecera devido à um coma alcoólico, e embora agora pudesse se ver livre da carga de trabalho e obsessão, paz era o que a ela não estava destinada.
Seu pai era o seu maior problema agora, além da grande onda de tristeza que lhe abatera após a morte de Rebecca, afinal, bem ou mal, ela ainda representava a figura materna. O senhor Jung começara a beber mais após a morte da esposa, desejando ir junto da mesma para o que ele chamava de céu, e que para Grace não fazia o mínimo de sentido.
Com o início da onda de bebedeiras, e noitadas, a vida da Jung mudara. Aos treze, a garota já possuía certas partes do corpo mais desenvolvidas, e isso começara a despertar interesse no homem, que frequentemente trazia amigos para dentro de casa. Grace se lembra das noites em que chorou por ainda sentir as mãos grossas e ásperas que lhe alisaram partes mal descobertas de seu corpo - Isso lhe causa ataques de pânico noturnos -.
Somente quando completara seus quinze anos, ela tivera a chance de ser libertar daquele cenário ''familiar'', pois após um ano e alguns meses de abusos, o senhor Jung tivera de enfrentar a justiça. A guarda da jovem criança fora para a posse de sua avó paterna, senhora Min Seo Jung, uma boa mulher que se revoltara após descobrir as atrocidades cometidas pelo filho que fugira de casa aos quinze.
Grace mal teve tempo de desfrutar a companhia de sua avó, que era vítima de câncer de útero. A velha mulher não demorou muito para morrer, no entanto, se houve algo que fizeram em favor da garota Grace, foi vindo da senhora, que já deixara os papéis de emancipação assinados, assim como os de herança.
A garota aprendera a se virar sozinha depois do ocorrido, usando de sua pequena herança para investir em algo lhe pudesse favorecer, no caso, a música. Como já sabia tocar múltiplos instrumentos, devido aos concursos a quais participara na infância, não foi muito difícil para a menina, conseguir um rumo para sua vida.
A parte difícil dessa crise era com certeza conseguir lidar com suas despesas, seu colégio e seu treinamento musical. Houveram tempos em que a garota praticara pequenos furtos para conseguir se sustentar. E como se não bastasse, na mesma época, ela descobrira-se vítima de anemia crônica e narcolepsia resultante da primeira, por falta de estrutura, ela não iniciara o tratamento corretamente, e começara a ingerir grandes quantidades de cafeína e açúcar, para se manter ''acordada'' e disposta para uma rotina puxada de estudo, trabalho (que surgiam às vezes) e treinamento. E talvez seja por isso que a mesma se encontre frequentemente em estado de agitação.
Entrou para a empresa (TJ Ent.) aos dezesseis, após realizar algumas audições. E desde então, ela tem se dobrado em mil para conseguir lidar com tudo sozinha.
avatar
Mensagens : 31

Data de inscrição : 02/07/2015

http://morgana-atelier.maisforum.com
Rainha Morgana
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum